Métodos de Construção de Sapatos

Construção Cementada 

A gáspia do sapato é colada à sola com um adesivo forte. Isto significa que não há qualquer costura ou orla. Na construção "Cemented", a gáspia do sapato, e possivelmente a membrana, continua debaixo da palmilha alguns centímetros. A gáspia é colada à entressola. A "meia" é então colada à sola. Se remover a entressola, não haverá costuras visíveis.

cementconstruction

 

Blake Stitched

A costura "Blake" é um dos primeiros métodos mecanizados de fabricar sapatos. É uma forma simples, rápida e económica de fabricar sapatos ao utilizar uma costura que atravessa a palmilha, a gáspia e a sola. Significa que o sapateiro tem que utilizar uma máquina específica.

 

Goodyear Welt

A mais famosa e icónica forma de fabricar um sapato. É uma forma laborosa, intensiva e muito durável de fazer um sapato de alta qualidade. A maior diferença aqui é a lona colocada sob a interssola com cola e uma tira de pele à volta do perímetro da sola. O sapateiro enche esta cavidade entre a palmilha e a entressola com cortiça, enquanto a orla é costurada à entressola e à sola com uma costura rápida.

Construção Strobel

Na construção Strobel, a gáspea e também possivelmente a membrana, param mais perto da borda da sola. Ao usar máquinas específicas, eles são ambas costuradas ou à entressola ou à sola. Em alguns modelos a sola pode ser colada ou injetada. Se retirar a palmilha, irá ver costuras.

 

Construção California

A construção California é popular em calçado casual apesar de ser um método bastante preciso. Mais especificamente, por causa da gáspia, "meia" e wrapper do sapato são costurados juntos antes de ser forçada na gáspia. Isto significa que todas as partes tem de ser cortadas e costuradas com precisão para que o sapato se torne no final numa peça requintada de arquitetura. Depois da colagem final, a sola é cementada para lhe dar um acabamento forte e resistente.

 

Construção Mocassin

O Moccassin genúino é feito com uma contrução peculiar. Tem uma simples camada que forma a palmilha e a gáspia. 
Esta peça é moldada para cima a partir da superfície inferior do molde e, em seguida, um avental é costurado nas bordas reunidas da parte da frente da gáspia e a sola na base do sapato.

San Crispino

No método de construção San Crispino, a gáspea é dobrada para dentro para envolver a palmilha e depois cosida à mão.

Nesse processo, os orifícios de costura são feitos na gáspea e na palmilha, que são costurados juntos. O produto final é flexível, robusto e elegante.

cousu san crispino ctc.jpg 20179881

Processo de Injeção Direta de PU

O PU, em forma líquida é injetado no molde fechado (a segurar na gáspea) sobre pressão alta. O PU endurece e funde-se permanentemente numa peça única com a gáspea. Não existe qualquer hipótese de separação. 

Injeção direta no molde aponta para o facto, que a sola é diretamente moldada na gáspea sem quaisquer adesivos ou costuras. Isto é possível por causa da velocidade dramática a que os monómeros polimerizam para formar uma rede de polyuretano, um processo que é tão rápido, que alguns artigos podem ser fabricados ao injetar os monómeros diretamente no molde. Velocidades altas de mistura de sobre 18000 RPM resultando numa estrutura mais forte e melhores propriedades físicas.

cousu injecte ctc.jpg 20179138

monômeros